Ir para conteúdo do site
Ir para conteúdo do site

Ir para conteúdo

SAAE Itaúna
Acompanhe-nos:
Facebook
Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
27
27 MAR 2020
CORONAVÍRUS-COVID-19 INFORMAÇÕES

O coronavírus é um vírus respiratório que pode causar sintomas de resfriados leves até doenças respiratórias agudas mais graves, principalmente em idosos e pessoas com outras doenças.

FORMAS DE TRANSMISSÃO

A transmissão da doença costuma ocorrer por meio de tosse, saliva, catarro ou espirro, toque ou aperto de mão em pessoas contaminadas, além de contato com objetos contaminados.

PREVENÇÃO

Cuidados com a higiene evitam a transmissão do Coronavírus:


- Lave as mãos usando água e sabão com maior frequência que de costume. 
- Use álcool em gel sempre que possível.
- Não toque os olhos, a boca e o nariz sem higienizar as mãos.
- Não compartilhe alimentos e utensílios.
- Evite proximidade com pessoas que apresentem sintomas respiratórios.

 

Pratique a etiqueta da tosse: ao tossir ou espirrar, cubra sempre a boca com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos. Jogue o lenço no lixo após o uso e higienize as mãos.

 

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DO CORONAVÍRUS?

Os sinais são, principalmente, respiratórios, sendo os mais importantes:
- febre;
- tosse;
- dificuldade para respirar.

QUEM DEVE FICAR ATENTO?

A pessoa que apresentar febre, sintomas respiratórios e tiver história de viagem para o exterior nos últimos 14 dias. Quem apresentar sintomas respiratórios e teve contato próximo com caso suspeito ou confirmado da doença também é considerada caso suspeito.

Em casos de sintomas leves, semelhantes a um resfriado comum (coriza e espirro) ficar em casa em repouso, com boa alimentação e hidratar-se. Pessoas com sintomas de doenças respiratórias graves com febre, tosse e dificuldade para respirar e estiveram recentemente em viagem para o exterior, ou que tiveram contato indivíduos com sintomas ou confirmação da doença, devem procurar imediatamente um serviço de saúde.

Se você se identifica com a situação acima procure um serviço de saúde usando máscara.

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE ITAÚNA
GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE.

Orientações  da Vigilância Sanitária  à todos os estabelecimentos para combater a disseminação do Coronavírus – COVID-19.

•    Disponibilizar aos clientes álcool 70% em gel para desinfecção das mãos nas portas de entrada, caixas de pagamentos, banheiros e pias de lavagem de mãos com a devida identificação, e  em demais locais  que sejam estratégicos e de fácil acesso no estabelecimento.
•    Adotar medidas para que os clientes tenham o mínimo contato com os balcões de self-service e produtos das gôndolas, destinando funcionários especificamente para atendê-los nestas atividades, ou solicitando aos clientes que façam a desinfecção das mãos com álcool 70% em gel, assim que adentrarem no estabelecimento.
•    Implementar comunicação visual através de cartazes, displays, placas e afins em locais estratégicos, sobre as recomendações do Ministério da Saúde quanto à limpeza e desinfecção das mãos, principalmente nas entradas, banheiros, pias e locais próximos aos objetos de uso coletivo tais como: cestas e recipientes plásticos para apanhar produtos, pegadores de alimentos, balcões de self-service, dentre outros.
•    Os colaboradores devem realizar frequentemente a limpeza das mãos com água e sabonete líquido e\ou desinfetá-las com álcool 70% sempre que possível, principalmente ao tocar superfícies e objetos de uso coletivo, interromper ou trocar de atividade, ou permanecer na mesma atividade por longo período de tempo.
•    Ao espirrar ou tossir, cobrir o nariz e a boca com o braço (nunca com as mãos) ou com papel toalha e descartá-lo imediatamente.
•    Evitar tocar e coçar olhos, boca e nariz com as mãos.
•    Evitar o contato próximo entre colaboradores e clientes (aperto de mãos, beijos e abraços).
•    Evitar compartilhar comida ou objetos de uso pessoal tais como: copos, talheres, óculos e celulares.
•    Utilizar o uniforme apenas nas áreas internas do seu local de trabalho, evitando a circulação com ele nas ruas, principalmente no caso de profissionais de saúde.
•    Realizar a cada turno e sempre que possível a limpeza e desinfecção com álcool
70% ou demais desinfetantes aprovados pela ANVISA, de todas as superfícies e objetos de uso coletivo, tais como: mesas, bancadas, encostos de cadeiras, maçanetas, corrimãos, interruptores de luz, descargas sanitárias, cestas plásticas, máquinas de cartão de crédito, telefones fixos, teclados, mouses, leitores de códigos de barras, caixas eletrônicos, dentre outros.
•    Suspender a utilização de aparelhos com identificação biométrica, tais como catracas e ponto eletrônico.
•    Manter todas as pias de higienização de mãos com seus dispensadores completos, abastecidos com água, sabonete líquido e papel toalha descartável e lixeira de acionamento por pedal em bom funcionamento.
•    Aumentar a frequência de remoção do lixo;                                                                                                 •    Manter boa circulação e renovação de ar mantendo portas e janelas abertas.
•    Manter em dia a manutenção e a limpeza dos aparelhos climatizadores, principalmente onde não há aberturas de janelas que permitam a ventilação e circulação natural do ar.
•    Em bebedouros, interditar o jato inclinado de aproximação bucal e manter em funcionamento apenas o jato de abastecimento de copos e garrafas, disponibilizando copos descartáveis e/ou incentivando aos clientes a utilização de recipientes individuais, preferencialmente identificados.
•    Adotar medidas que evitem a formação de filas de espera e/ou de pagamento.
•    Realizar atividades e atendimentos preferencialmente em áreas que possuam ventilação natural.
•    Incentivar e oferecer facilidades para que os clientes utilizem os serviços de delivery ou home care.
•    Quando possível, favorecer o método de trabalho home office.
•    As empresas de transporte coletivo municipal e intermunicipal, tais como: ônibus, micro-ônibus, vans e afins devem realizar a cada viagem a higienização das cadeiras, encostos de cabeça, barras de apoio e corrimão.
•    Os serviços de saúde, especialmente clínicas e consultórios médicos devem agendar as consultas de modo a evitar aglomeração de pessoas na sala de espera.
•    As cadeiras dos locais de espera que possuem alta rotatividade de pessoas tais como: rodoviárias, agências bancárias, salas de espera de clínicas médicas e odontológicas, dentre outros, devem realizar a higienização das cadeiras e encostos de braços no mínimo a cada turno ou manter disponível em local estratégico e identificado, dispencers de álcool 70% em gel e papel toalha para desinfecção pelos clientes e manter lixeira de pedal em bom estado de funcionamento para o descarte.
•    Colaboradores que apresentarem quaisquer sintomas de infecção devem ser afastados de suas atividades, se manter isolados em suas residências e procurar os canais de informação da Secretaria Municipal de Saúde para orientações e devido monitoramento;  


Orientações aos estabelecimentos de alimentação.


Além das recomendações mencionadas acima, os serviços de alimentação tais como: restaurantes, bares, lanchonetes, padarias, supermercados, mercearias, varejões, sorveterias, dentre outros, devem especificamente:

•    Evitar oferecer o serviço de self service, se possível.
•    Disponibilizar aos clientes álcool 70% em gel nos balcões de self-service e nas mesas de consumação, além dos demais locais estratégicos como: portas de entrada, caixas de pagamentos, banheiros, pias de lavagem de mãos, dentre outros.
•    Retirar objetos de uso coletivo das mesas, tais como:  cardápios, saleiros, sachês, galheteiros, dentre outros ou fazer a desinfecção com álcool 70% entre um cliente e outro.
•    Os manipuladores devem redobrar a atenção quanto a não falar, tossir, cantar ou assobiar sobre os alimentos.
•    Evitar jogos americanos, forros de tecidos ou quaisquer utensílios que demandem maiores cuidados de higienização nas mesas de consumação.
•    Não deixar pratos, talheres e copos sobre a mesa, disponibilizando estes para os clientes apenas quando forem ser utilizados.
•    Aumentar os espaçamentos das mesas em torno de 1,5 a 2 m nos locais de consumação, reduzindo o número de mesas disponíveis, caso necessário.
•    Ao retirar os utensílios das mesas, os colaboradores devem realizar a higienização das mãos em seguida.
•    Antes de receber mercadorias e de preparar e armazenar os produtos para entrega os colaboradores devem realizar a higienização das mãos.
•    Os entregadores à domicílio devem realizar a lavagem e/ou desinfecção das mãos antes de tocar nos produtos no ato da entrega ao cliente.
•    Os recipientes de armazenagem das motos como caixas plásticas e caixas térmicas, bem como o interior dos veículos destinados ao transporte de alimentos, devem ser frequentemente lavados e desinfetados com álcool 70%. 
•    É indicado a utilização de luvas para o recolhimento de lixos.
•    Não fazer uso de luvas, apenas higienização frequente das mãos.
•    O uso de máscaras não é recomendado para manipuladores de alimentos. 
(As máscaras devem ser utilizadas por pessoas com sintomas de infecção, como tosse ou dificuldade para respirar e pelos profissionais de saúde que prestam atendimentos aos pacientes com sintomas respiratórios.)


Recomendações aos clientes.                                                                                                                                                  

•    Considere suas mãos sempre contaminadas evitando levá-las ao rosto e realizando a higienização sempre que possível.
•    Solicite nos estabelecimentos álcool 70% em gel para higienização das mãos, principalmente nas portas de entrada, caixas de pagamento, balcões de self-service, pias e banheiros.
•    Utilizar álcool 70% em gel assim que adentrar nos estabelecimentos e se possível, solicitar ao atendente que apanhe os produtos, principalmente em balcões de self-service.
•    Em virtude da ausência temporária do álcool 70% em gel no estabelecimento, recomendamos se possível, andar sempre com um frasco de álcool gel nas bolsas/ bolsos até que a situação se normalize.
•    Informe e/ou solicite ao estabelecimento o reabastecimento dos dispensadores de sabonete líquido e papel toalha quando estiverem vazios;
•    Informe e/ou solicite ao estabelecimento o conserto ou a substituição das lixeiras de pedal que estiverem estragadas.
•    Observe e dê preferência aos estabelecimentos que adotem e mantenham boas práticas de limpeza e higiene de instalações e preparos de alimentos.
•    Lavar e/ou desinfetar as mãos sempre que possível, principalmente após ir ao banheiro e antes das refeições.
•    Caso toque em torneiras e maçanetas após a lavagem das mãos, realizar a desinfecção das mãos com álcool 70% em gel e deixar secar naturalmente.
•    Utilizar papel toalha para tocar em descargas sanitárias, pias e maçanetas, descartando-o em seguida.
•    Manter distância nas filas e áreas de circulação a partir de 1m, sempre que possível.
•    Quando possível, dar preferência pela circulação, utilização e permanência em áreas abertas e com ventilação natural.
•    Sempre que possível, optar pela utilização do serviço de delivery. 
•    Faça suas compras de modo a sair o mínimo possível de sua residência e evite os horários de picos.
•    Em caso de consultas ou atendimentos agendados, seja pontual e evite antecipações e atrasos não permanecendo no local por tempo desnecessário.
•    Realizar a desinfecção das mãos com álcool 70% em gel após de utilizar máquinas de cartão de crédito e caixas eletrônicos.
•    Quando possível, opte pela utilização de cartões de crédito e/ou débito, evitando pagar e receber em notas e moedas.
•    Higienize suas mãos após tocar em dinheiro.
•    Higienize bem os alimentos ao chegar em casa (principalmente os crus), bem como embalagens que permitam o processo de lavagem e desinfecção.
•    No caso de embalagens que não permitam a higienização tais como: sacos e sacolas e papel, caixas de papelão, dentre outros, transfira o conteúdo para recipientes próprios e descarte-as em seguida.
•    Higienize no mínimo diariamente todas as torneiras, maçanetas, puxadores, interruptores de luz e chaves de casa e de veículos.
•    Mantenha seu corpo, casa e quintal sempre limpos.
•    Evite visitas à idosos e qualquer pessoa que esteja com baixa imunidade. 

Vamos todos divulgar e fazer a nossa parte!


Gerência de Vigilância em Saúde.
Vigilância Sanitária de Itaúna
3241-4999.
Ramais: 224, 228 e 230.

Fonte: Secretarias - Secretaria Municipal de Saúde de Itaúna
Newsletter
Cadastre-se e receba em seu e-mail nossos informativos
CADASTRAR
Brasão rodapé
Icone rodapé
ENDEREÇO
Rua: Nonô Ventura, 394, Lourdes
CEP: 35680-205
ATENDIMENTO
De segunda à sexta-feira, de 7h às 17h
Seta
Copyright Instar - 2006-2020. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia