Ir para conteúdo

Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook
Instagram
Notícias
Principal   Notícias
 

23/03/2018 às 12:45:00
Projeto Rio São João é referência no programa de integração do Velho Chico

Resultados de Itaúna com a revitalização e cercamento de nascentes são destaque em documentário sobre iniciativas para a preservação do São Francisco

“Água, doce água. Uma viagem emocionante pelo rio São Francisco”. Esse é o nome do documentário produzido pelo Ministério da Integração Nacional para apresentar as medidas adotadas em todo o país pela preservação do “Velho Chico”. E, Itaúna é a única cidade de Minas Gerais selecionada para fazer parte do documentário, que destaca as ações executadas no Projeto Rio São João. A iniciativa, uma parceria entre SAAE e Prefeitura, por meio da Gerência de Proteção ao Meio Ambiente, tem foco, principalmente, na revitalização e cercamento das nascentes localizadas no município, visando a manutenção dos recursos hídricos.

A equipe de filmagens conheceu a sede do projeto que funciona como Centro de Educação Ambiental e abriga um viveiro de mudas, usadas para o reflorestamento. Os responsáveis pelo vídeo estiveram também em áreas onde estão mananciais já protegidos, como um caso apresentado no Córrego do Soldado, um dos principais afluentes do rio São João, que contribui para o rio São Francisco.

A visita foi acompanhada pela gerente de Proteção ao Meio Ambiente, Aline Moura, e as técnicas Marcela Alves e Magda Corradi, que deram suporte ao trabalho, com informações sobre as atividades desenvolvidas.

“O São Francisco é o mais importante rio do país e tem que ser tratado como um todo. Nesse contexto, todos os municípios têm obrigação, fundamental, para que seja restabelecido, forneça água de qualidade e em abundância para a população, principalmente a ribeirinha, que depende mais ainda dele. Itaúna está fazendo a sua parte e fica o convite para que as outras cidades se juntem a nós. Assim, alcançaremos o objetivo final, que é transformar o Velho Chico em Novo Chico”, destacou Aline Moura.

O documentário “Água, doce água. Uma viagem emocionante pelo rio São Francisco” está disponível no canal Youtube. O projeto Rio São João é apresentado no segundo episódio da série.

Reestruturação e ações intensificadas

Totalmente reestruturado em 2017, o projeto Rio São João funciona em três eixos. Um deles, a educação socioambiental, a partir das visitas de estudantes, que, no local, participam de atividades educativas como a oficina de produção de mudas e palestras interativas sobre a importância dos cuidados com os recursos naturais. Em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, a cada 15 dias são recebidos alunos das instituições de ensino que pertencem à rede mantida pela Prefeitura. Nos outros dias, o espaço fica disponível para agendamentos de outras instituições de ensino e aberto à comunidade para visitas guiadas.

Em outra frente de trabalho, as equipes mantêm o programa de produção de mudas, usadas nas ações de reflorestamento. Inúmeras espécies nativas são produzidas, como Ingás Sangras d’ água, Pororocas, Ipês, Capixingui e frutíferas diversas. Outro foco fundamental no desenvolvimento do projeto, é voltado à preservação da sub-bacia do rio São João. É neste programa que são cadastradas e catalogadas as nascentes para revitalização e proteção desses mananciais, fundamentais para o abastecimento de água no Município.

Somente em 2018, já foram distribuídas mais de duas mil mudas cultivadas na sede do projeto Rio São João, além de doações de materiais para cercamento de nascentes e plantio de árvores.

No ano passado, a iniciativa permitiu a doação de cerca de 12 mil mudas, e pelo menos mil exemplares plantados às margens do rio São João e afluentes, na área urbana. A reformulação do programa viabilizou ainda a revitalização de seis nascentes da sub-bacia do rio São João.

Agendamento de visitas

A sede do Projeto Rio São João é aberta aos estudantes do ensino primário, fundamental e médio, mediante agendamento. Aos alunos são oferecidas oficinas de plantio e cultivo de espécies variadas, além da conscientização sobre a importância do cuidado com o Meio Ambiente, a partir do contato das crianças e adolescentes com animais e o bem-estar proporcionado pela natureza. A população também pode visitar o local, de segunda a sexta-feira, das 08h às 16h. A doação de mudas é feita sempre das 08h às 10h30 e das 12h10 às 15h30. Mais informações pelo telefone 3249.5800.

Dia Mundial da Água

Durante as festividades do Dia Mundial da Água, nesta quinta-feira, 22 de março, a Prefeitura entregará, às 15 horas, uma nascente revitalizada, por meio do projeto Rio São João. O manancial fica em área de propriedade do Município, no bairro Bela Vista, que estava degradada e recebeu os devidos cuidados.

No período da manhã, das 08h às 10h, no Centro Municipal de Educação Ambiental Rio São João, os alunos da Escola Municipal José Antunes Ribeiro, da comunidade do Córrego do Soldado, participam de palestra, passeio guiado e oficina.

Já na Praça Doutor Augusto Gonçalves, a partir das 10h30, haverá doação de 200 mudas de árvores frutíferas e floríferas, mediante distribuição de senhas, além de orientações para o plantio. E, das 10h às 12h, será oferecido cadastro de propriedades rurais com nascente de água, para avaliação e revitalização, posteriormente.


Fonte: COMSAAE
 
 
 
 
Mapa Localização:
Rua: Nonô Ventura, 394, Lourdes
Itaúna/ MG - 35680-205
Telefone Telefone para contato:
(37) 3249-5800
Atendimento Horário de Atendimento:
De segunda à sexta-feira, de 7h às 17h
Receba os informativos do SAAE - Cadastre-se
Instar Internet © Copyright Instar - 2006-2018.Todos os direitos reservados. Instar Internet
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados.